Promoção do aleitamento materno: práticas de médicos e enfermeiros da atenção primária à saúde

Rosane Meire Munhak Silva, Sebastião Caldeira, Ana Paula Contiero Toninato, Andréa Ferreira Ouchi França, Rosangela Aparecida Ferrari Pimenta, Adriana Zilly

Resumo


Objetivo: Apreender o conhecimento e práticas de médicos e enfermeiros para promover o aleitamento materno, após a implementação da Rede Mãe Paranaense. Método: Pesquisa qualitativa, com análise baseada na Fenomenologia Social. Realizaram entrevistas com 35 médicos e 27 enfermeiros atuantes no serviço de atenção primária. Resultados: Os profissionais possuem pouco conhecimento sobre a adesão do aleitamento materno em seus municípios. Suas ações foram pontuais, ocorrendo em algum momento específico do pré-natal, puerpério ou puericultura, sendo realizadas orientações individuais ou palestras. Entretanto, os profissionais esperam que a promoção do aleitamento materno possa reduzir a mortalidade infantil. Considerações finais: O desconhecimento da baixa adesão e a fragmentação das práticas, para promover o aleitamento materno, fragilizam o planejamento de ações integrais para transformar os indicadores de saúde infantil.

Palavras-chave


Aleitamento materno; Promoção da saúde; Médicos; Enfermeiros; Atenção Primária à Saúde.

Texto completo:

PORT ENG


DOI: http://dx.doi.org/10.19175/recom.v9i0.3335

ISSN: 2236-6091

DOI:10.19175