A religiosidade/espiritualidade como recurso no enfrentamento da COVID-19

Fabio Scorsolini-Comin, Lucas Rossato, Vivian Fukumasu da Cunha, Marta Regina Gonçalves Correia-Zanini, Sandra Cristina Pillon

Resumo


Objetivo: problematizar de que modo a Religiosidade/Espiritualidade (R/E) pode ser empregada como um recurso no enfrentamento da pandemia da COVID-19. Método: Reflexão teórica baseada na literatura científica da área. Resultados: Entre as principais aplicações dessa dimensão no contexto de atenção em saúde destaca-se a R/E como recurso para a compreensão dos efeitos da pandemia na vida cotidiana; como recurso de enfrentamento e fonte de apoio para pessoas adoecidas, cuidadores e familiares; como suporte nas situações de isolamento social e quarentena; como recurso para profissionais de saúde diretamente envolvidos no combate à pandemia; como recurso na compreensão de situações de luto. Conclusão: Recomenda-se que a R/E possa ser empregada como um recurso não apenas na explicação das repercussões emocionais da doença, mas como estratégia que possa, de fato, promover um cuidado mais humano e integrado diante de um cenário pandêmico impermanente.

Palavras-chave


Pandemias; Religião; Espiritualidade; Infecções por Coronavirus.

Texto completo:

PORT ENG


DOI: https://doi.org/10.19175/recom.v10i0.3723

ISSN: 2236-6091

DOI:10.19175