Competência clínica em enfermagem para a ressuscitação cardiopulmonar de alta qualidade: revisão integrativa da literatura

Juliana da Silva Garcia Nascimento, Kleiton Gonçalves do Nascimento, Daniela da Silva Garcia Regino, Mateus Goulart Alves, Jordana Luiza Gouvêa de Oliveira, Maria Celia Barcellos Dalri

Resumo


Objetivo: Identificar as evidências científicas disponíveis na literatura sobre as habilidades necessárias ao desenvolvimento de competência clínica em Suporte Básico de Vida para enfermagem. Método: Revisão integrativa, nas fontes National Library of Medicine (NLM), National Institutes of Health (NIH), Cumulative Index to Nursing and Allied Health Literature (CINAHL), Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde (LILACS), Web of Science e SCOPUS. Utilizou-se o Rayyan para a seleção e a Análise Temática. Resultados: Identificaram-se 753 estudos e cinco compuseram a amostra. Elaboraram-se duas categorias; habilidades cognitivas e psicomotoras para o Suporte Básico de Vida e as habilidades afetivas. Conclusão: As habilidades cognitivas e psicomotoras abordam, desde a capacidade de definir a parada cardiorrespiratória e compreender o Suporte Básico de Vida, até as ações necessárias ao atendimento. A literatura explora essa categoria, em detrimento às habilidades afetivas, uma lacuna científica, já que são essenciais para a qualidade da ressuscitação cardiopulmonar.

Palavras-chave


Enfermagem; Competência Clínica; Reanimação Cardiopulmonar; Aprendizagem; Ensino.

Texto completo:

PORT ENG


DOI: https://doi.org/10.19175/recom.v11i0.3949

ISSN: 2236-6091

DOI:10.19175