O professor também vivencia a violência escolar ?

Mariana Aparecida Costa, Luciana de Lourdes Queiroga Gontijo Netto, Rayssa Nogueira Rodrigues, Lorena Aparecida Rodrigues, Daniel Alves Tatagiba

Resumo


RESUMO: O estudo tem como objetivo analisar o significado e as implicações de ser professor e já ter presenciado ou vivenciado algum tipo de violência no cotidiano escolar. Trata-se de um estudo descritivo e exploratório, com entrevista semiestruturada realizada de setembro de 2010 a outubro de 2011, junto a nove professores da escola pública de um município da região centro-oeste de Minas Gerais. Os dados foram avaliados por meio da análise de conteúdo, que resultaram em duas categorias: Professores que presenciaram algum episódio violento na escola e Professores que se envolveram em algum tipo de violência no âmbito escolar.  Muitos docentes já vivenciaram e até mesmo se envolveram em algum tipo de violência escolar, sendo que muitos não sabiam como reagir perante o acontecido. Por isso é de fundamental importância abordar o tema de violência nas escolas, pois remete à revisão da própria concepção de educação e as propostas pedagógicas a serem desenvolvidas pelos professores na educação básica e, como decorrência, as políticas de formação inicial e continuada dos professores.

Palavras-chave


Comportamento do adolescente; Violência; Educação.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.19175/recom.v0i0.400

ISSN: 2236-6091

DOI:10.19175