Caracterização dos episódios de queda em uma unidade de cardiologia: estudo retrospectivo

Andreia Lima de Sousa, Ana Carolina Lici Monteiro, Maria Letícia Banwart Ribeiro Ambiel, Elaine Barros Ferreira, Priscilla Roberta Silva Rocha

Resumo


Objetivo: Caracterizar os episódios de queda em pacientes internados em uma unidade cardiológica, quanto à ocorrência, fatores relacionados e risco. Método: Estudo descritivo, retrospectivo, por meio da análise de prontuários de pacientes internados em uma unidade de cardiologia que apresentaram episódio de queda entre janeiro de 2015 a dezembro 2016. O risco médio para quedas foi avaliado, conforme a Escala de Morse. Resultados: No período de estudo houve 32 episódios de quedas. A queda foi mais frequente em idosos (81,3%) e naqueles que faziam uso crônico de medicamentos, para controle e tratamento de comorbidades preexistentes. Dentre os fatores de risco, 34,4% apresentavam delirium, comprometimento neurológico e déficit de locomoção. O risco médio para quedas foi classificado como elevado (> 45), 25% das quedas resultaram em algum tipo de dano (leve ou moderado) e ocorreram em períodos matutinos. Conclusão: As contribuições fornecidas pelos registros de eventos adversos, deste estudo, facilitaram a identificação dos fatores de risco, demonstrando a necessidade de se propor intervenções de enfermagem preventivas, uma vez que assumir o evento e identificar suas causas são maneiras de praticar uma assistência de enfermagem segura ao paciente.

Palavras-chave


Acidentes por Quedas; Fatores de Risco; Segurança do Paciente; Medidas de segurança; Cuidados de enfermagem; Cardiologia.

Texto completo:

PORT ENG


DOI: https://doi.org/10.19175/recom.v10i0.4059

ISSN: 2236-6091

DOI:10.19175