Trajetória de mulheres assistidas em centro de parto normal e sua relação com escolhas terapêuticas

Débora Lucas Viana Gonçalves, Síntia Nascimento dos Reis Campos, Luís Paulo Souza e Souza, Kleyde Ventura de Souza

Resumo


Objetivo: Conhecer trajetórias de mulheres assistidas em Centro de Parto Normal e a relação com suas escolhas de cuidado no parto e nascimento. Método: Pesquisa qualitativa com 28 mulheres em um Centro de Parto Normal utilizando-se entrevistas em profundidade. Resultados: Emergiram duas grandes categorias. Na primeira, os depoimentos demonstraram o trajeto percorrido para o parto e nascimento e escolhas no cuidado influenciados pelas vivências individuais, impressões da família e pessoas do convívio social. Na segunda, as mulheres reconheceram o Centro de Parto Normal, como um local de práticas diferenciadas no cuidado, sendo um local de aconchego que se assemelha ao lar. Conclusão: Os Centros de Parto Normal e a qualificação dos profissionais da enfermagem obstétrica são estratégias para a mudança do modelo de atenção obstétrica e, também, para que as mulheres possam (res)significar o cuidado que lhes é prestado, possibilitando que recontem suas histórias no processo de parto e nascimento.

Palavras-chave


Parto Humanizado; Parto Normal; Centros de Assistência à Gravidez e ao Parto; Assistência ao Parto; Enfermagem Obstétrica.

Texto completo:

PORT ENG


DOI: https://doi.org/10.19175/recom.v11i0.4139

ISSN: 2236-6091

DOI:10.19175