Síndrome de Burnout e estresse em graduandos de enfermagem

Aline Esteves Pacheco, Sueli Carvalho Vilela, André Luiz Silva Carlos

Resumo


A Síndrome de Burnout (SB) é o estresse ocasionado em decorrência de uma sobrecarga de trabalho, que pode se iniciar ainda durante a fase acadêmica e, prosseguir pela vida profissional. Esta investigação objetivou avaliar a ocorrência de síndrome de burnout, estresse em alunos de um curso de enfermagem e compreender a percepção desses quanto aos estressores. Este estudo quantitativo, exploratório e de corte transversal, realizado em uma amostra de 118 alunos dos 1°, 3°, 5° e 7° períodos do Curso de Enfermagem, utilizou como instrumento de pesquisa a escala de Maslach Burnout-Student Survey (MBI-SS) e um questionário desenvolvido pelos autores, ambos auto aplicado. A aplicação dos instrumentos foi realizada em salas de aula. Os resultados identificaram médias altas em Exaustão Emocional (EE) e em Eficácia Profissional (EP) e médias baixo/moderadas em Despersonalização (DP) em todos os períodos estudados, demonstrando inexistência da Síndrome de Burnout. Observou-se que 78% disseram estar estressados e insatisfeitos com alguma característica no curso. Observou-se uma elevada média de EE, o que sinaliza a necessidade de uma intervenção junto a estes graduandos, uma vez que a Exaustão Emocional é a primeira dimensão a surgir, podendo indicar um possível Burnout no futuro.

Descritores: Síndrome de Burnout; Estudantes; Estresse; Enfermagem.


Palavras-chave


Enfermagem

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.19175/recom.v0i0.415

ISSN: 2236-6091

DOI:10.19175