Autocuidado de idosos com diabetes mellitus na perspectiva do modelo de atenção às condições crônicas

Francielle Renata Danielli Martins Marques, Samile Bonfim de Oliveira, Lígia Carreira, Cremilde Aparecida Trindade Radovanovic, Sônia Silva Marcon, Maria Aparecida Salci

Resumo


Objetivo: Conhecer as práticas de autocuidado de idosos com diabetes mellitus tipo 2. Método: Estudo qualitativo, que utilizou como base conceitual o Modelo de Atenção às Condições Crônicas, que contou com a participação de 12 idosos com diabetes. Utilizou-se, para a coleta de dados, entrevista individual e grupo focal. Foi utilizada a análise de conteúdo de Bardin. Resultados: Os idosos conhecem os desfechos da doença não controlada; a alimentação adequada é uma preocupação; muitos conheciam os cuidados com os pés; o enfermeiro foi responsável pela educação em saúde. Conclusão: Ainda existem lacunas no conhecimento dos idosos com diabetes que repercutem no autocuidado na perspectiva do Modelo de Atenção às Condições Crônicas. Entretanto o enfermeiro é um profissional de referência para o apoio às práticas educacionais à essa população.

Palavras-chave


Diabetes mellitus; Autocuidado; Idoso; Atenção Primária à Saúde; Enfermagem.

Texto completo:

PORT ENG


DOI: https://doi.org/10.19175/recom.v11i0.4159

ISSN: 2236-6091

DOI:10.19175