Análise da associação entre adesão terapêutica e letramento em saúde em hipertensos

Aline Castelo Girão, Thereza Maria Magalhães Moreira, Juliana Rodrigues da Silva, Emiliana Bezerra Gomes, Gilliane Ferreira da Silva, Maria Lúcia Duarte Pereira, Jênifa Cavalcante dos Santos Santiago

Resumo


Objetivo: Analisar a associação entre adesão ao tratamento e letramento funcional em saúde em hipertensos. Métodos: Estudo transversal, descritivo, realizado na atenção primária em saúde, com 242 hipertensos. Na coleta de dados, foram utilizados o Questionário de adesão ao tratamento da hipertensão arterial e o Morisky Medication Adherence Scale ambos sobre adesão terapêutica e o Short Assessment of Health Literacy for Portuguese-Speaking Adults sobre letramento em saúde. Para a análise descritiva e inferencial, foi usado o software IBM SPSS®, com significância estatística de 5%. Resultados: Os níveis de adesão dos questionários foram diferentes e o letramento em saúde inadequado, sem associação significativa. Conclusão: O letramento funcional em saúde demonstrou alguma influência na adesão, mesmo sem associação significativa, devendo ser considerada na promoção da adesão e na redução de riscos a hipertensos na atenção primária à saúde.

Palavras-chave


Hipertensão; Letramento em Saúde; Cooperação e Adesão ao Tratamento; Comportamentos Relacionados com a Saúde.

Texto completo:

PORT ENG


DOI: https://doi.org/10.19175/recom.v11i0.4166

ISSN: 2236-6091

DOI:10.19175