O cuidado de enfermagem à pessoa com síndrome de down na estratégia saúde da família

Ana Lídia Pinheiro Lins Miranda, Janieiry Lima de Araújo, Kely Vanessa Leite Gomes da Silva, Ellany Gurgel Cosme do Nascimento

Resumo


Abordar o cuidado de enfermagem às pessoas com Síndrome de Down (SD) na Estratégia de Saúde da Família (ESF) assume relevância na sociedade, pois se evidencia que essas pessoas são exclusas pelos serviços de saúde. O objetivo foi analisar o cuidado de enfermagem realizado pelo enfermeiro na Estratégia Saúde da Família (ESF) às pessoas com SD. Estudo descritivo-exploratório, de abordagem qualitativa, com a participação de 12 enfermeiros da ESF de Pau dos Ferros – RN. Como instrumento de coleta de dados utilizou-se a entrevista semiestruturada. A análise dos dados ocorreu mediante Análise Temática. Como resultados emergiram os seguintes temas: O cuidado de enfermagem na ESF à pessoa com Síndrome de Down: a atuação do enfermeiro, Pessoas com Síndrome de Down: eternas crianças?,  Sensações ao realizar cuidados em saúde às pessoas com Síndrome de Down e Capacitar Profissionais ou Profissionais Capacitados?.  Assim, tem-se que a assistência prestada praticamente inexiste. Os profissionais, em sua maioria, apresentam-se omissos para proporcionar a assistência exigida neste nível de complexidade. Dessa forma, há a necessidade de uma formação profissional adequada que possibilite a promoção à saúde. De modo que se aperfeiçoem as práticas em saúde, em especial, do enfermeiro, as pessoas com SD.

 


Palavras-chave


Síndrome de Down; Estratégia Saúde da Família; Enfermagem; Cuidados de Enfermagem.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.19175/recom.v0i0.640

ISSN: 2236-6091

DOI:10.19175