Identificação dos fatores associados ao uso da suplementação do ácido fólico na gestação

Gabriela Martins Espolador, Bruna Amato Jordão, Mariana Guimarães Cardoso, Ana Maria Neves Finochio Sabino, Beatriz Barco Tavares

Resumo


O ácido fólico tem muitas funções no corpo da mulher durante a gestação e uma delas e a mais importante é o fechamento do tubo neural fetal. Por não sintetizar ácido fólico e seus metabólitos, é necessário que a mulher tenha sua obtenção através da dieta por fontes alimentares naturais e/ou através de suplementação. A deficiência do folato pode estar relacionada com os seguintes fatores de risco: condições socioeconômicas desfavoráveis, idade inferior a) 20 anos e ainda as mulheres com nível de escolaridade com menos de 11 anos de estudo ao ensino médio. O tabagismo também pode propiciar à deficiência de folato. Objetivo: Identificar os fatores associados ao uso da suplementação do ácido fólico na gestação. Método: Trata-se de um estudo quantitativo, descritivo exploratório, prospectivo. A amostra da população foi composta de mulheres que comparecerem nas Unidades Básicas de Saúde e de Saúde da Família do Distrito de Saúde Escola IV de São José do Rio Preto-SP. Para a coleta dos dados, foram utilizados dois questionários para obtenção de dados de identificação, dados ginecológicos e dados específicos contendo questões sobre o uso do ácido fólico, e uma tabela de frequência alimentar. Concluiu-se que os níveis socioeconômicos foram favoráveis à adesão ao pré-natal e ao consumo do ácido fólico, porém o momento da prescrição da suplementação do ácido fólico foi inadequado, pois as gestantes na sua maioria encontravam-se com mais de 11 semanas de gestação.


Palavras-chave


Enfermagem

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.19175/recom.v0i0.766

ISSN: 2236-6091

DOI:10.19175