Caracterização e impacto dos projetos de pesquisa em saúde encaminhados a um conselho municipal de avaliação em pesquisa

Luana Villas Boas Polizeli, Marcos Antônio Girotto, Maria José Sanches Marin, Giulia Alves Maia, Fabiana Veronez Martelato Gimenez

Resumo


Objetivo: caracterizar os projetos quanto ao tema, instituição de origem, local da coleta de dados, participantes, tipo de estudo, formação do pesquisador principal e os encaminhamentos dos mesmos. Método: estudo de análise documental a partir dos projetos encaminhados ao Conselho Municipal de Avaliação em Pesquisa (COMAP) do município de Marília, estado de São Paulo, no período de 2009 a 2013. Resultados: constatou-se que, de um total de 246 trabalhos, 146 (60%) retornaram ao COMAP para efetivar a coleta de dados e 25 (10%) retornaram com os resultados e conclusão. O local mais solicitado foi a Estratégia Saúde da Família, 152 (62%). A maioria dos pesquisadores são enfermeiros e o tipo de estudo predominante foi o qualitativo, 109 (44%). Os profissionais da saúde foram os principais participantes das pesquisas, totalizando 62 (25%) dos projetos e as temáticas foram a saúde da criança, gestação/puerpério e saúde do idoso. Conclusão: são necessários ajustes, incluindo efetiva parceria acadêmica e serviços de saúde para que as pesquisas tenham significado para a prática profissional e para que as pesquisas de campo sejam propostas de forma mais criteriosa.


Palavras-chave


Enfermagem

Texto completo:

Port Eng


DOI: http://dx.doi.org/10.19175/recom.v7i0.1149

ISSN: 2236-6091

DOI:10.19175