Consumo de álcool e qualidade de vida em idosos na saúde da família

Sônia Maria Soares, Elenice Dias Ribeiro de Paula Lima, Madeline A. Naegle, Patrícia Aparecida Barbosa Silva, Joseph Fabiano Guimarães Santos, Líliam Barbosa Silva

Resumo


O estudo tem como objetivo avaliar a associação entre o consumo de álcool e qualidade de vida em idosos. Trata-se de estudo transversal envolvendo idosos (n = 593), usuários de unidades básicas de saúde. Foram utilizados os instrumentos Alcohol Use Disorders Identification Test-Consumption para avaliar o consumo de álcool e World Health Organization Quality of Life-Bref para avaliar a qualidade de vida. Regressão logística foi utilizada para verificar associação entre consumo de álcool e variáveis independentes; e técnica de análise de agrupamentos para análise de possíveis grupos homogêneos entre idosos com rastreamento positivo para alcoolismo e qualidade de vida. Foi encontrado prevalência de consumo de bebida alcóolica de 8,9%. As variáveis escore Qualidade de Vida Geral < 60, depressão e faixa etária 70 a 79 anos mantiveram associação significativa com o desfecho. Obteve-se dois grupos homogêneos distintos dispostos em cinco subgrupos. Estratégias de enfrentamento devem ser contempladas nos planos de ações das políticas públicas e alerta metodológico na forma de expor a variável alcoolismo é necessário.


Palavras-chave


Idoso; Consumo de bebidas alcoólicas; Qualidade de vida; Atenção Primária à Saúde

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.19175/recom.v6i3.1184

ISSN: 2236-6091

DOI:10.19175