A visão das gestantes acerca da participação do homem no processo gestacional

Letícia Ábdon Caldeira, Lílian Fernandes Arial Ayres, Laís Vanessa Assunção Oliveira, Bruno David Henriques

Resumo


Objetivo: Analisar a visão das gestantes quanto à participação do homem durante o processo gestacional e as consultas de prénatal. Métodos: Trata-se de uma pesquisa qualitativa, avaliada por meio de análise de conteúdo, que teve como sujeitos as gestantes cadastradas em duas Estratégias de Saúde da Família. Resultados: A pesquisa apontou o apoio ofertado em âmbito familiar como essencial para a gestante e a ausência do homem durante a consulta foi entendida e justificada pelo horário de trabalho do companheiro, na maioria das vezes. Conclusão: Assim, depreende-se que existe a necessidade de estabelecimento de vínculo entre a tríade mãe-pai-filho para o melhor desenvolvimento da gestação. Os profissionais de saúde envolvidos na Atenção Primária à Saúde podem contribuir para esse processo e devem estimular e facilitar a participação do homem durante as consultas de pré-natal, entre outras atividades realizadas nesse cenário.

Palavras-chave


Paternidade; Cuidado pré-natal; Apoio social; Gravidez.

Texto completo:

PORT ENG


DOI: http://dx.doi.org/10.19175/recom.v7i0.1417

ISSN: 2236-6091

DOI:10.19175