Significados do laboratório de enfermagem para estudantes de graduação: repensando a utilização deste cenário

Miguir Terezinha Vieccelli Donoso, Eline Lima Borges, Poliana Cristina Soares, Saymon Fernando dos Santos, Allana dos Reis Corrêa, Salete Maria de Fátima Silqueira

Resumo


Objetivo: compreender as percepções sobre o Laboratório de Enfermagem como cenário didático para estudantes de graduação em Enfermagem. Métodos: trata-se de estudo exploratório qualitativo. Os dados foram coletados em universidade pública de Minas Gerais. A população foi constituída por estudantes de graduação em Enfermagem e que já cursaram as disciplinas Sistematização da Assistência de Enfermagem e Fundamentos do Cuidado de Enfermagem. A entrevista aberta foi utilizada para coleta de dados. O tamanho da amostra foi estabelecido pelo critério da saturação, alcançada na 12º entrevista.  Os dados foram tratados pela análise de conteúdo. Resultados: foram geradas duas categorias: Motivos que levam ao não uso do laboratório e Significados atribuídos ao laboratório pelos estudantes.  Conclusão: os estudantes frequentam o Laboratório somente em vésperas de provas práticas. Dessa forma, reitera-se a ideia de que conteúdos didáticos, incluindo os práticos e teórico-práticos despertam maior atenção dos estudantes quando atrelados a situações de cobranças. 


Palavras-chave


Estudantes de enfermagem; Laboratórios; Pesquisa qualitativa.

Texto completo:

PORT ENG


DOI: http://dx.doi.org/10.19175/recom.v7i0.1578

ISSN: 2236-6091

DOI:10.19175