Evidências científicas dos fatores de risco para anomalias congênitas: revisão integrativa

Ana Paula de Morais Maia Barros, Márcia Helena de Souza Freira, Michelle Thais Migoto

Resumo


Objetivo: Identificar através da produção científica atual os fatores de risco para a ocorrência dos nascimentos com Anomalias Congênitas. Métodos: Este estudo buscou identificar os fatores de risco para a ocorrência dos nascimentos com Anomalias Congênitas nas publicações científicas, dos últimos 30 meses, de janeiro de 2014 até junho de 2016. Trata-se de uma revisão integrativa, com base nas recomendações de Ganong. Resultados: Foram selecionados 19 artigos, com resultados organizados em cinco blocos referentes: a) mãe do recém-nascido com anomalias congênitas, b) ao recém-nascido, c) à assistência ao binômio, d) aos diagnósticos, e) às políticas públicas e informação do evento vital - nascimento com anomalias congênitas. Conclusão: São necessárias políticas públicas de saúde para a melhoria do acesso precoce ao pré-natal e da sua qualidade além de melhoria de acesso dessas crianças e suas famílias a tratamento adequado. 


Palavras-chave


Anomalias congênitas, Recém-nascido; Epidemiologia.

Texto completo:

PORT ENG


DOI: http://dx.doi.org/10.19175/recom.v7i0.1804

ISSN: 2236-6091

DOI:10.19175