Análise do conceito parto humanizado de acordo com o método evolucionário de Rodgers

Manoela Costa de Melo Monteiro, Viviane Rolim de Holanda, Geyslane Pereira de Melo

Resumo


Objetivo: clarificar o conceito “parto humanizado”, expresso pela literatura da área de saúde. Método: análise de conceito baseado no Modelo Evolucionário de Rodgers através de 18 artigos científicos. Resultados: No contexto do ambiente hospitalar, o parto humanizado apresentou como atributo essencial o respeito à fisiologia do nascimento, expressa uma experiência humana com utilização das boas práticas para promoção do nascimento seguro e ativo. Nos antecedentes verificou-se a influência da qualidade do pré-natal, a estrutura física das maternidades, capacitação da equipe de saúde e o respeito aos direitos da mulher e do recém-nascido. Os consequentes foram expressos em aspectos para a mulher, para o recém-nascido e para a família. Conclusão: esta análise possibilitou a identificação de novas concepções como a necessidade de implementar boas práticas obstétricas em todos os serviços de atenção obstétrica e a importância da presença de uma equipe interdisciplinar.

Palavras-chave


Enfermagem; Formação de conceito; Parto humanizado.

Texto completo:

PORT ENG


DOI: http://dx.doi.org/10.19175/recom.v7i0.1885

ISSN: 2236-6091

DOI:10.19175