A simulação no ensino de enfermagem: uma análise conceitual

Raphael Raniere de Oliveira Costa, Soraya Maria de Medeiros, José Carlos Amado Martins, Bertha Cruz Enders, Ana Luisa Brandão de Carvalho Lira, Marília Souto de Araújo

Resumo


Objetivo: analisar o conceito simulação no ensino de enfermagem. Método: trata-se de uma análise de conceito, seguindo o método de Walker e Avant, na qual foi realizada uma revisão integrativa da literatura nas bases de dados Scientific Electronic Library Online, Base de Dados de Enfermagem e Literatura Latino-americana e do Caribe em Ciências da Saúde (LILACS). Amostra final foi de 17 estudos. Resultados: O conceito elaborado para simulação no ensino de enfermagem foi: uma estratégia de ensino que utiliza-se de tecnologias, replicando cenários simulando a prática, em ambiente controlado e realista, onde o estudante participa ativamente do processo de ensino e aprendizagem, almejando praticar exaustivamente, aprender, refletir e avaliar produtos e processos. Conclusão: os achados auxiliam na construção de instrumentos de pesquisas e a compreensão na área de investigação do fenômeno estudado.

Palavras-chave


Simulação; Ensino de enfermagem; Formação de conceito.

Texto completo:

PORT ENG


DOI: http://dx.doi.org/10.19175/recom.v8i0.1928

ISSN: 2236-6091

DOI:10.19175