A percepção do paciente renal crônico sobre a vivência em hemodiálise

Renata Ventura Ricoy de Souza Castro, Renata Lacerda Prata Rocha, Bruna Fernanda Macedo Araujo, Karen Fraga do Prado, Thais Fernanda Soares de Carvalho

Resumo


A hemodiálise é o tratamento mais indicado para os pacientes com insuficiência renal crônica. Objetivo: Compreender a percepção
do paciente portador de IRC que se submete a hemodiálise, bem como conhecer os fatores que dificultam e/ou facilitam essa
experiência e as estratégias de enfrentamento. Método: Por meio de uma pesquisa de campo, de delineamento qualitativo, foram
entrevistados nove pacientes que fazem hemodiálise em um hospital geral particular de Belo Horizonte. Os dados foram analisados
segundo a técnica de análise de conteúdo temática. Resultados: O estudo evidenciou que, apesar dos benefícios da hemodiálise,
que impactam inclusive na melhora da qualidade de vida do paciente, a sua percepção sobre o tratamento ainda é negativa,
considerando que restringe suas atividades diárias. Somam-se os sentimentos de tristeza e revolta, envoltos à essa vivência.
Destacam-se o apoio da família, a fé em Deus e apoio da própria equipe de saúde, como forma de enfrentar as dificuldades
advindas do tratamento. Conclusão: Considerando esse impacto sobre a vida do paciente, é essencial ampliar o conhecimento e
compreensão acerca dessa vivência, a fim de que todos os envolvidos possam refletir sobre ela e, a partir daí, promover discussões
que poderão, entre outros benefícios, nortear a prática, melhorar o entendimento, e qualificar a assistência prestada.

Palavras-chave


Diálise; Nefropatias; Enfermagem; Nefrologia.

Texto completo:

PORT ENG


DOI: http://dx.doi.org/10.19175/recom.v8i0.2487

ISSN: 2236-6091

DOI:10.19175