Qualidade de vida de pacientes oncológicos em cuidados paliativos

Jaqueline Fantini Figueiredo, Vitor Marques Souza, Hiago Victor Coelho, Raissa Silva Souza

Resumo


Objetivo: Avaliar a qualidade de vida de pacientes oncológicos em cuidados paliativos, por meio de instrumento validado. Método: Trata-se de um estudo descritivo, quantitativo com pacientes internados em uma unidade de oncologia de um hospital de grande porte do Centro-Oeste de Minas Gerais. Resultado: observou-se uma perda importante na qualidade de vida dos participantes, em especial no domínio de “bem-estar emocional” e “bem-estar funcional”. Contudo, os domínios de “bem-estar físico” e “bem-estar social-familiar” foram bem avaliados pelos participantes. Conclusão: A equipe de saúde, em especial a de enfermagem, necessita se instrumentalizar para a identificação e resolução oportuna de questões que podem trazer prejuízo às diferentes dimensões da vida da pessoa com câncer, atentando para a manutenção do controle dos sintomas, fomentando a participação da família nos cuidados e fornecendo o suporte emocional e funcional adequados às demandas individuais da pessoa sob cuidados paliativos.

Palavras-chave


Qualidade de vida; Cuidados paliativos; Enfermagem; Oncologia.

Texto completo:

PORT ENG


DOI: http://dx.doi.org/10.19175/recom.v8i0.2638

ISSN: 2236-6091

DOI:10.19175