Vivência de acadêmicos de enfermagem na operacionalização de ensaio clínico randomizado: relato de experiência

Daniel Vinicius Alves Silva, Carolina Amaral Oliveira, Patrícia Oliveira Silva, Tânia Couto Machado Chianca, Diego Dias de Araújo

Resumo


Objetivo: Relatar a experiência e atividades de acadêmicos de enfermagem na operacionalização de um ensaio clínico randomizado. Métodos: Trata-se de um estudo descritivo na modalidade de relato de experiência, no qual relatou-se a experiência e atividades de acadêmicos de enfermagem na operacionalização de um ensaio clínico randomizado conduzido em pacientes criticamente enfermos, internados na unidade de terapia intensiva de um hospital filantrópico do norte de Minas Gerais, Brasil. Resultados: As funções dos acadêmicos foram realizar a alocação das intervenções que os pacientes recebiam, mediante uma lista randomizada e aleatorizada; coletar dados sob a supervisão de um dos pesquisadores e digitar os dados em programa estatístico. O método empregado é considerado ideal, pois possibilita que os acadêmicos e profissionais de enfermagem reflitam sobre a prática de enfermagem científica e não intuitiva, ao se testar e validar cientificamente intervenções que são implementadas no cotidiano da enfermagem, muitas vezes de maneira empírica. Conclusão: A experiência na operacionalização desse tipo de estudo, por acadêmicos de enfermagem, contribui para formação profissional, ao proporcionar o desenvolvimento do pensamento crítico, com vista à resolução de problemas presentes na prática clínica de enfermagem.

Palavras-chave


Ensaio clínico controlado; Enfermagem; Pesquisa em enfermagem clínica; Aprendizagem baseada em problemas.

Texto completo:

PORT ENG


DOI: http://dx.doi.org/10.19175/recom.v19i0.1784

ISSN: 2236-6091

DOI:10.19175