Atividade educativa para mães de bebês prematuros como suporte para o cuidado

Bruna Maria Bugs, Claudia Silveira Viera, Rosa Maria Rodrigues, Solange de Fátima Reis Conterno, Núbia Toniazzo dos Santos

Resumo


Objetivos: descrever o processo de elaboração e desenvolvimento metodológico de atividade educativa realizada junto às mães de
prematuros hospitalizados e avaliar o grau de conhecimento materno sobre cuidados com o prematuro antes e após a atividade
educativa. Métodos: estudo metodológico de proposta de atividade educativa sistematizada, avaliada por meio de pré e pós-teste
com mães de prematuros hospitalizados. Resultados: 17 mães participaram do estudo, com idade prevalente de 30 a 35 anos. Em
sua maioria, possuíam de 5 a 9 anos de estudos, eram casadas ou viviam em união estável. No pré-teste, as mães acertaram, em
média, 80% das questões e, ao término das atividades, acertaram, em média, 93%. De modo geral, as participantes disseram que a
atividade educativa foi importante para solucionar dúvidas e aumentar a confiança materna ao cuidar dos filhos prematuros.
Conclusão: as atividades educativas realizadas mostraram ser uma tecnologia leve em saúde para melhorar o conhecimento e o
empoderamento materno nos cuidados dos filhos pré-termo.

Palavras-chave


Educação em saúde; Mães; Recém-nascido prematuro; Treinamento por simulação.

Texto completo:

PORT ENG


DOI: http://dx.doi.org/10.19175/recom.v8i0.2725

ISSN: 2236-6091

DOI:10.19175